O Pai Nosso, escrito por Pe. Mário Zuchetto

PAI-NOSSO

Não posso dizer “PAI NOSSO”, se não vejo em todos os homens irmãos meus.

Não posso dizer “QUE ESTAIS NO CÉU”, se só estou preocupado com os bens da terra.

Não posso dizer “SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME”, se minha vida é de cristão falsificado e se não torno DEUS conhecido e amado.

Não posso dizer “VENHA A NÓS O VOSSO REINO”, se não cultivo o amor de Cristo em mim.

Não posso dizer “SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU”, se o que importa é só o que eu quero.

Não posso dizer “O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAI HOJE”,se não me disponho a repartir com os necessitados o pão que sustenta a vida humana.

Não posso dizer “PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO”, se sou vingativo e incapaz de perdoar.

Não posso dizer “E NÃO NOS DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO”, se não ajudo os outros a se libertarem de más situaçoes,de problemas,de dificuldades,do perigo iminente de cometerem desatinos ou se fui causa de queda para alguém.

Não posso dizer “MAS LIVRAI NOS DO MAL”, se não procuro diminuir a fonte dos males fisicos,morais e espirituais que nos cercam.

Deixe uma resposta